SBV

;

Fotos Igreja

terça-feira, 21 de julho de 2009

Ser Correspondido

Já experimentou ficar por muito tempo longe do convívio com outras pessoas? Já experimentou ficar só por dias sem falar com ninguém ou sem ver ninguém?

Parece algo impossível em um mundo com quase 7 bilhões de habitantes, mas imagine como seria essa situação, você conseguiria continuar vivendo sem o convívio, sem a atenção, sem o cuidado, sem o contato com outras pessoas?

Nos últimos tempos vi aquele filme “Eu sou a Lenda”, com Will Smith, e fiquei admirado quanto à forma que o retrataram, mostrando o esforço diário daquele personagem em manter sua humanidade, manter sua sociabilidade, mesmo que aparentasse ser a única pessoa vivente no mundo.

E em seu esforço ele decorava as falas dos filmes, assistia a todos os dvd’s de uma locadora, fingia flertar com uma manequim, mas sua melhor amiga, inseparável, era sua cadela e, por mais que pareça estranho, era sua cadela que mantinha viva sua humanidade, era sua cadela que o mantinha vivo.

Mas no momento em que ela morre, ele se vê em uma dificuldade, uma aflição tão grande que acabar por tentar contra a própria vida, porque já não tem mais companhia, não é mais correspondido.

E hoje, lendo a Palavra pude notar essa preocupação de Deus conosco:

“Então o Senhor Deus declarou: “Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e lhe corresponda.” Gn.2:18

O Senhor logo em seguida a criação do homem, já percebeu que o homem não agüentaria viver só, mas reparem que o Senhor não fala só do “viver só”, Deus fala de alguém que o auxilie e corresponda.

Temos vivido em uma sociedade egoísta, uma sociedade em que cada um de nós somente pensa em seus próprios interesses, uma sociedade em que ajudar alguém a empurrar o carro já ensoberbece a quem o faz, pois isso é tão raro e tão incomum, é tão raro vermos alguém auxiliar alguém com problemas de saúde, é tão raro nós ajudarmos uma senhora a carregar suas compras, é tão raro ajudarmos uma criança necessitada que quando o fazemos nos sentimos “salvando o mundo”, não porque aquilo mudou realmente o mundo daquela criança ou daquela pessoa, mas porque isso está tão longe de nossa natureza carnal que até achamos que “agora fizemos nossa parte”.

Mas eu gostaria de lhes dizer, essa não é toda a nossa parte a cumprir como cristãos nesse mundo.

Pessoas têm sofrido de problemas emocionais, afetivos, que chegam a se tornar até psicológicos, porque as pessoas não têm algo sobre o que Deus planejou que elas tivessem.

Auxílio e correspondência de sentimentos.

Deus não nos fez para vivermos somente “juntos e amontoados”, não, Deus nos fez para que ajudássemos uns aos outros, Deus nos fez para que correspondêssemos os sentimentos uns dos outros.

Existem pessoas hoje que em meio a uma multidão de pessoas se vê sozinha, sem ter ninguém em quem se apoiar, sem ter ninguém aonde se sustentar, sem ter ninguém com quem contar para as horas difíceis e ninguém com quem compartilhar os momentos bons.

Imagine você recebendo uma grande promoção no trabalho, recebendo agora um salário alto e uma grande responsabilidade.

Agora imagine não ter ninguém com quem compartilhar essa alegria.

Nós fomos feitos para vivermos em comunidade, nós fomos feitos para vivermos em comunhão, amor, cooperação e quando não vivemos assim não temos forças para sobreviver, não queremos mais lutar por nossas vidas, porque nos sentimentos só e aflitos.

Amados, milhares, senão milhões, ou até mesmo bilhões de pessoas estão carentes no mundo e muitas vezes a carência não é somente financeira, é uma carência de amor, de afeto, de carinho e uma carência de que seu amor seja correspondido, uma carência de ter alguém por apoiar.

Nós temos um tesouro que não há dinheiro no mundo, não há ações no mundo que comprem, nós temos a Jesus.

Jesus é uma pessoa que entra de uma maneira educada e sorrateira em sua vida, Ele vai reconstruindo aquilo que foi partido em seu coração e vai demonstrando uma coisa grandiosa, seu amor. Ele, por amor à você, morreu na cruz por seus pecados, mesmo que Ele mesmo não tivesse pecado.

Jesus é a primeira pessoa a corresponder o nosso amor, Jesus é o nosso maior e melhor amigo.

Porém nós também precisamos de uns dos outros, não basta vivermos adorando a Jesus se não amarmos e vivermos correspondendo o amor uns dos outros, auxiliando uns aos outros. Salomão diz em Eclesiastes que o cordão de três dobras não se rompe facilmente.

Você é uma dobra, Jesus é outra dobra, mas dessa forma essa corda ainda pode se romper, você pode não agüentar seguir a Cristo, você pode não agüentar as dificuldades, e é aí que vem a terceira dobra, que são os irmãos em Cristo, que é nossa família em Cristo, com essa dobra se tornará muitíssimo mais difícil do cordão se romper.

Deus não nos criou para vivermos sós, Ele nos criou para vivermos em comunidade, nos criou para vivermos em amor e fraternidade e é assim que devemos viver, nos auxiliando e correspondendo uns aos outros, para que tenhamos forças para seguir até nossa nova vida, a Eterna Vida em Cristo Jesus.

Vivamos juntos, em amor, para o auxílio dos irmãos, os correspondendo em suas necessidades e desejos, vivendo Cristo juntos, pois assim se cumpre a Lei de Cristo, no amor.

Que Deus os abençoe!

Seja o primeiro a comentar

:)) ;)) ;;) :D ;) :p :(( :) :( :X =(( :-o :-/ :-* :| 8-} :)] ~x( :-t b-( :-L x( =))

Postar um comentário

Novo Comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO