SBV

;

Fotos Igreja

domingo, 26 de julho de 2009

Preparação para Liderança

Liderança é um processo dinâmico em que um homem ou uma mulher com capacidade dada por Deus influencia um grupo específico do povo de Deus em direção aos Seus propósitos para o grupo.

Eu defino liderança como eleição soberana que resulta numa autoridade funcional decisiva que edifica o corpo. Bobby Clinton, em seu livro The Making of a Leader (Fazendo um Líder), define liderança da seguinte maneira: um processo dinâmico em que um homem ou uma mulher com capacidade dada por Deus influencia um grupo específico do povo de Deus em direção aos Seus propósitos para o grupo.

Davi é um arquétipo quase perfeito para nós líderes de adoração, porque ele aprendeu como adorar a Deus no secreto, antes de ter uma posição de liderança. Como Deus preparou Davi? Através da silenciosa disciplina de cuidar de ovelhas. Deus usa essas experiências de vida, tanto as doloridas quanto as positivas, para modelar e preparar nosso caráter para o serviço.

Em, I Samuel 16, nós vemos um pouco do contexto de como Davi foi escolhido para ser rei.

O Senhor enviou Samuel para Jessé de Belém. Um dos filhos de Jessé seria o rei, mas o Senhor não havia revelado qual deles... só mais tarde haveria de fazê-lo. Quando Samuel chegou, ele viu o irmão de Davi, Eliabe, e pensou, com certeza é este que o Senhor quer ungir. Mas o Senhor vetou Samuel.

Samuel teve que perguntar a Jessé se haviam outros filhos. Bom, claro, há mais um. Entra Davi, que havia estado com as ovelhas, e que havia passado desapercebido até pelo seu próprio pai.

Então o Senhor disse a Samuel: É este! Levante-se e unja-o.

É difícil não ser escolhido. Pergunte aos irmãos de Davi. Mas é igualmente difícil ser escolhido. Se você não é escolhido, você tem que lidar com ciúmes e julgamentos. Se você é escolhido, você tem que lidar com insegurança e frustração. Davi perguntaria: por que eu tive que ser escolhido e ter meus irmãos me odiando?

Deus sabe como usar toda e qualquer circunstância para nos refinar, purificar e moldar ao caráter do seu Filho. Se Ele não nos escolhe para ser o líder, Ele o faz porque nos ama. Mas, se Ele nos escolhe para ser o líder, Ele está fazendo isso porque nos ama.

Eu já discuti com Deus: Se você realmente soubesse o que está fazendo, não teria me escolhido para fazer isso. Sou tímido, eu não gosto de falar na frente das pessoas, etc. Por outro lado, há outra pessoa que não fora escolhida que diz para Deus: eu tenho essa habilidade, eu sou melhor nisso do que ele.

Davi foi escolhido, primeiramente, porque seu relacionamento com Deus e o seu coração de adoração foram cultivados quando ele estava sozinho cuidando de ovelhas. Não há o que substitua o estar a sós com Deus e cultivar seu relacionamento de adoração com Ele. Deus zela por isso. Quando Davi era rei, ele provavelmente agradecia a Deus por todo o tempo que Deus o tinha separado através de circunstâncias de trabalho. Lá Ele compôs algumas das canções de amor a Deus mais incríveis.

Se você quer ser um líder, você deve cultivar um apetite, ou pelo menos uma tolerância por estes momentos de meditação.

O que aconteceu com Davi acontece com nós líderes quando permitimos Deus nos levar através desse processo de preparação. Tomara que você aprenda a temer a Deus mais do que a homens. Isso pode explicar a incrível coragem que Davi mostrou no vale de Elá quando desafiou Golias. Nós vemos o fruto desse processo em alguns dos salmos de Davi. Ensina-me o teu caminho, Senhor, para que eu ande na tua verdade; dá-me um coração inteiramente fiel, para que eu tema o teu nome (Salmo 86:11). Em Deus eu confio, e não temerei. Que poderá fazer-me o homem? (Salmo 56:11).

Outro resultado que você reconhecerá que Deus foi quem lhe deu essa posição de liderança. Davi sabia que ele não havia sido eleito rei sobre o povo; Deus o pôs ali. Ele temia a Deus mais do que às pessoas.

Você é um líder porque jogou as cartas certas. Foi porque você se enturmou com as pessoas certas no tempo certo, esperando que eles o notassem para que você pudesse ser um líder? Ou você é um líder porque você sabe que Deus lhe chamou? Se for este o seu caso, você teme a Deus mais do que a homens.

O Chamado

Mais tarde, em I Samuel, nós lemos que depois da unção de Davi, ele foi chamado por Saul. Davi foi até Saul e ficou a seu serviço.

Às vezes você verá alguém sair da fase de espera e entrar na fase de ação e você dirá: Deus, por que eles? Eu sou mais indicado do que eles. Você realmente deseja ter liderança mas ela não é liberada para você ainda. Por quê? Possivelmente porque você ainda precise dela. Você precisa de um líder para que você possa ser edificado. Lembre-se da nossa definição de liderança: eleição soberana que resulta numa autoridade funcional decisiva que edifica o corpo. Liderança não tem a ver com suas necessidades; tem a ver com servir as necessidades dos outros.

Mas você ainda vê liderança como uma fonte de terapia emocional. Você pensa: “Eu poderia ser o líder de adoração no meu grupo pequeno e ter visibilidade, talvez eu poderia ser pelo menos um dos líderes de adoração da minha igreja, daí eu poderia fazer algo importante”.

Até Jesus foi levado pelo Espírito para o deserto por quarenta dias de jejum entre o tempo da sua confirmação pública e o começo do seu ministério. Em lucas 3, Jesus é batizado, e o Espírito Santo desce dos céus na forma de uma pomba. Deus Todo-Poderoso fala audivelmente e diz: “Este é meu filho a quem eu amo. Eu me agrado dele”. Para onde Jesus foi depois disso? Ele não começou a curar? Ele foi ao deserto por quarenta dias.

Essa parte da nossa característica humana que é naturalmente impaciente, ansiosa, egoísta e ambiciosa, deve ser colocada sob o controle do Espírito Santo nesse estágio. Jesus deve se tornar maior, nós devemos nos tornar menores. Isso é particularmente difícil para os músicos entenderem. Eu lembro da minha vida nessa fase. Eu estava desempregado por um período de tempo e então encontrei um emprego. Depois eles não precisaram mais de mim e me despediram. Parecia que eu não sabia fazer nada. A família da minha esposa pensava que eu era maluco. Por que você não entra em uma universidade e ganha o seu diploma e uma boa carreira? Eu queria, mas tudo o que eu podia fazer era voltar pra Deus e perguntar: Deus, o que você falou? O Senhor falou, não faça isso, faça aquilo outro. Eu me perguntava se Ele tinha certeza daquilo. Esperar foi difícil.

Então Deus finalmente libera uma medida de liderança e por algum motivo você não precisa mais dela. Eu supervisiono 50 a 70 pessoas na nossa igreja que estão de alguma forma envolvidas no ministério de adoração. Eu posso ver que alguns já estão ambiciosos e seu tempo de espera ainda não terminou, então eles não podem fazer nada. Então eles resmungam por aí. Eles olham pra você com grandes e esperançosos olhos enquanto a banda toca. Depois que isso se prolonga por uns dois anos, eles finalmente se tocam que têm que lidar com isso. Eu sou um cara paciente (e Deus também) e eles podem acabar sentados esperando por uns dez anos com aqueles olhos tristes de cachorro sem dono.

Finalmente, isto é quebrado e então eu digo que eles podem participar. Nesse ponto, eles não sentem mais necessidade de fazer isso e eu tenho que praticamente quebrar o chicote para fazer com que eles se mexam.

Quando essa liderança é liberada, então chegamos ao ponto em que nosso desejo de que o corpo seja edificado é mais forte que a nossa própria necessidade de sermos edificados. Nós não ignoramos a nossa necessidade de sermos edificados, mas o desejo de que o corpo seja edificado supera a tentação de usarmos a nossa posição de liderança para a nossa própria auto-estima. O que nos edifica enquanto indivíduos? O amor do Pai é que nos edifica. É o Seu amor que nos edifica, não a atenção e um ministério que frutifica.

A Comissão

Eu preciso dizer mais uma coisa sobre liderança que tem a ver com comissionar. Você está preparado, você é chamado e você espera, e você é comissionado diante dos homens e pelos líderes sob quem você está. Essa é a parte divertida. Mas logo você troca a agonia de esperar pela agonia de fazer.

Deus diz: “OK, eu quero te levar a um novo nível de liderança”. Então você começa no estágio de preparação, etc., e começa tudo de novo. Nunca termina. Assim que você está fazendo isso, Deus te chama para um novo nível de fé e risco. Um problema que encontro até em adoração carismática e em adoração de renovo é que há líderes que passam por esses estágios de preparação, e eles param. Deus bate na porta deles de novo dizendo para eles que vai começar tudo de novo e que é tempo de se preparar. E eles dizem: de jeito nenhum! Eu não quero passar por isso de novo.

Quando vou para algumas igrejas eu me pego pensando: “essa adoração está legal mas onde está a margem? Onde está o risco? Onde está o frescor?” Provavelmente há pessoas lá que estão com muito medo. Eu oro para que elas se tornem tão seguras no amor do Pai, que elas estejam dispostas e entrar no ciclo de preparação novamente, arriscando-se mais uma vez. Eles precisam correr o risco de passar o ministério adiante para outros que o Senhor tem preparado. Eles precisam dar espaço para outros e tentar outras coisas na qual não são necessariamente tão boas.
O Senhor está nos chamando para sermos especialistas ou para sermos sempre alunos, sempre estarmos aprendendo, sempre dispostos a recomeçar a preparação para o que virá em frente.

Por Brian Doerksen

Brian Doerksen é o Produtor Supervisor da recém-formada Vineyard Music Canada. Ele recentemente produziu as primeiras gravações da Vineyard do Reino Unido, Come Now is the Time (Vem, esta é a hora) e Hungry (Fome), e vive com sua esposa, Joyce, e com seus cinco filhos em British Columbia. Ele tem escrito muitas músicas de adoração conhecidas da Vineyard como Acende o Fogo em mim, Vem, esta é a hora e Teu Nome é Santo.


Artigo extraído do site Vineyard Music

Seja o primeiro a comentar

:)) ;)) ;;) :D ;) :p :(( :) :( :X =(( :-o :-/ :-* :| 8-} :)] ~x( :-t b-( :-L x( =))

Postar um comentário

Novo Comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO